Raspberry Pi como Emulador, impressões sobre: Retropie, Recalbox e PiPlay

Postado em 14/07/2016 por Luiz Volso

Primeiramente, esse post não serve para analisar profundamente cada uma das plataformas e sim para apresentar minhas impressões sobre cada uma delas. Todas foram testadas num Raspberry Pi Modelo B versão 3, com processador Quad-Core de 1,2 Ghz e 1Gb de memória RAM. Não foi feito Overclock.

Você gostaria de participar de um grupo de discussão sobre Raspberry Pi e Arduino, onde você pode trocar idéias e tirar dúvidas? Preencha essa pesquisa, se tivermos sufucientes interessados, criarei um grupo.

Raspberry PiPlay (PiMAME)

Site oficial: http://piplay.org

Download

Desisti do PiPlay por simplesmente não gostar da interface. Não agrada aos olhos, não tem contraste suficiente em diversas telas dificultando a leitura, principalmente do menu de opções.

Monitor exibindo a interface do sistema PiPlay

Raspberry RetroPie

Site oficial: https://retropie.org.uk

Download: retropie.org.uk/download/

O RetroPie é ótimo, funciona muito bem, utiliza a interface EmulationStation. Possui a grande vantagem de ter vários núcleos de emuladores já instalados, a interface é muito boa, tendo incluídas várias opções avançadas de configuração.

Se você gosta de fuçar, mudar, aperfeiçoar, essa é a opção a ser escolhida! Eu particularmente prefiro algo mais amigável, mais simples. O RetroPie me enche com muitas opções de configuração, saindo da interface e entrando no ambiente Linux até para configurar o WIFI.

Outra coisa que me desanimou, depois de configurado o controle, seja um teclado ou joystick, eu não consigo atribuir cada um deles como principal de maneira fácil, por exemplo: inicialmente configuramos com um teclado, depois adiciono um joystick e não consigo atribuir esse como controle principal dos jogos (o famoso controle 1).

Tela da interface do RetroPie com o sistema Super Nintendo selecionado e Super Mario ao fundo

Depois desses probleminhas nessas duas plataformas, vamos para o sistema que eu escolhi.

Raspberry RecalBox

Site oficial: http://www.recalbox.com

Download: recalbox.com/diyrecalbox

Esse sim foi o escolhido! Tem todas as vantagens do RetroPie e com o grande diferencial de possuir uma interface bem mais amigável.

O visual básico do RecalBox é o mesmo do RetroPie, utilizando o EmulationStation. O que pra mim foi decisivo é que todas as opções de configuração estão presentes na própria interface, configuração de rede, de controles, escolha de qual controle instalado será o principal e muitas outras funções legais, você consegue até fazer Overclock do seu Raspberry Pi pela própria interface, muito útil pra quem utilizar os modelos mais antigos.

Tela do sistema RecalBox mostrando as opções de configuração de rede

Deixe suas dúvidas ou opniões nos comentários abaixo e bom divertimento!

Um abraço.